14 de julho de 2009

Assim será... ♪


"Assim que quer, assim será, eu vou pra não voltar. Toma este anel, que é pra anular o céu, o sol e o mar. Eu não queria ir assim... Tão triste, triste. Vim dizer adeus ao que restou de quem um dia foi feliz.




Hei de encontrar um encantador, um novo ou velho amor; 
Vai me levar leve a vagar prum lar de fina-flor 
e eu vou ser mais feliz longe de você, por isso eu vou (...) 
Chuva do céu se encerrará pra ver nosso depois. Como vai ser ruim demais olhar o tempo ir 
sem ver os seus abraços, seu sorriso ou suas rimas de amor." ♪ 

Um comentário:

Tainá Facó disse...

Eu acabei de perder um amor. Na verdade, eu o perdi de vista. Quando me dei conta, ele já tinha ido... se foi sem deixar nenhum bilhete, ou lembrança. E quando me dei conta, percebi que - na realidade - ele não estava mais dentro de mim e eu insistia em não-enxergar isso. Ainda bem que vi, né? Agora estou bem. E espero que você fique bem também. Reflita mais. Olhe pra dentro de si mesmo. Às vezes a gente idealiza demais os momentos e as pessoas. Pense nisso.

Lindo! :*

beijo, beijo!