16 de julho de 2009

I know it sounds lame, but its so true.

jE lá estavam eles, onde não deviam estar. E não havia explicação para eles estarem ali. Não hoje. 
Mas... tinham borboletas no meu estômago. 
Porque elas estavam lá, me dando aquela sensação de enjôo? Argh Me afastei o máximo que consegui, tentando controlar a minha vontade de me aproximar. Alguns minutos depois, não conseguia mais disfarçar.
Eu me aproximei e sentei. 
E eu queria que a minha pequena e quase-insignificante presença ali, fosse notada. Mas isso não acontecia e. Na verdade, se qualquer um deles ousasse se aproximar de mim, eu juro que a única coisa que eu ia fazer era dar um meio-sorriso sem graça e sair correndo. 
Eu juro. 
E eu juro também que ás vezes, a minha timidez fala mais alto do que a minha educação. Mas não é minha culpa, por favor, não me culpem. Eles saíram, andando debaixo de uma chuva fina até chegar em casa. Como eu pretendia fazer (...)


Pretendia. Minha timidez falou mais alto novamente.

Nenhum comentário: