17 de novembro de 2009

Luto

O dia já parecia prever o que viria, logo cedo da manhã. Amanheceu nublado, como quem diz que vai chover. O sol se negou a brilhar, e tinha motivo. A dor e a tristeza se espalharia de tal forma naquele dia, que a presença do sol, ou do céu azul, não faria diferença.
Foi quando veio a notícia. Perdi o chão. Caí na cadeira. As lágrimas vieram à tona. E eu teimava em não acreditar. Não era possível, aos meus olhos. Fiquei paralisada. As palavras me faltaram, assim como a reação. Só ouvia as vozes ao fundo, comentando sobre o triste acontecimento recente.
"É mentira. Devem ter confundido as pessoas." Eu repetia para mim mesma.
Não adiantava, insistiam em falar friamente o que aconteceu.
Me contaram como foi, sem eu nem precisar pedir. Foi cruel. Doeu, só de pensar.
Desabei. Um turbilhão de pensamentos iam e vinham, dentro da minha cabeça. A lembrança da menina loira mais meiga que já conheci, era a única que eu conseguia pensar. E eu, que nunca tinha sentido a perda de alguém, assim.. É triste. É doloroso. É desesperador. Era como eu me encontrava.
E logo, todos já estavam sabendo. Choro. Era tudo o que se ouvia. Dei meu ombro pra muita gente chorar.. E recebi abraços reconfortantes, também. Ninguém sabia o que fazer, nem o que pensar. 
A Igreja, era o nosso destino. Lá, estavam reunidos todos os amigos da garota loira, de sorriso contagiante. Houve troca de abraços, e palavras consoladoras. Perdi a conta de quantos arranjos de rosas diferentes, haviam ali. Todas brancas, e rosas. Lembrando você.
A noite chegou. Escureceu tudo, rapidamente. E o céu, novamente em luto, não brilhava estrela nenhuma. A lua tinha saído, para enxugar suas lágrimas. E as nuvens ficaram. Pesadas. Sinal de chuva chegando. O céu chorou. Junto com todos, aqui embaixo.
Aqui dentro, ficou uma confusão de sentimentos. A tristeza, pela sua ida, inesperada. Pela nossa perda. E o conforto, de saber que está tendo festa no céu, pela sua chegada aí em cima. Mais um anjo, eu tenho certeza. Oramos. Louvamos. E oramos de novo. Muito. Se aconteceu, foi permissão de Deus. Que sabe de todas as coisas. "Deus deu, Deus tirou. Louvado seja o nome do Senhor." 
Brilhou por aqui, por todo os lugares por onde passou. E amanhã, ela será o primeiro raio de sol a raiar. Brilha daí de cima, Letícia. Brilha!


Deixo um beijo, daqueles bem grande. E um abraço apertado, pra você.
Na glória, nos encontraremos novamente, Balzinha. ♥

23 comentários:

Larissa disse...

Meus pésames, minha querida. Sei o quanto é sofrido perder alguém, mas sei também o quão grande é a felicidade das lembranças que ela deixou. E tenho certeza de que, de onde ela esteja, ela estará olhando pelas pessoas que deixou.
Fica bem, :*

Marcel PH disse...

Sinto muito pela perda. Num sei se vai ajudar alguma coisam, mas
tu deveria ler "Lado Fatal", da Lya Luft. Ela fala da morte de um jeito que reconforta quem tá a encarando. Melhoras pra ti.

Natália Corrêa disse...

Hoje me visto de Renato Russo, que estava certo quando disse que os bons morrem jovens.

Mas também vão para um lugar melhor.

Little dreamer disse...

Poxa Bê.... meus pesames..
nao quero me imaginar nunca numa situaçao dessas. Eu vi seu status do kut, so nao sabia q era de alguem prozimo a vc :S SINTO MTO MSMO! :('

nath. disse...

Arrepio na espinha, foi o que senti. Lamento, por ti, pela família da moça. Enfim, tudo acaba um dia.. inclusive a vida. Até logo.

Tays Esquivel disse...

Lindo texto, florzinha.
Só quero te desejar força, muita força. Você vai precisar.

Um abração.

Ela disse...

Poxa Bê, que triste isso... Ainda mais perder alguém assim, do nada. Você tá bem?

:*

Hosana Lemos disse...

Nossa, que triste =/
Espero que a dor vá cicatrizando logo, e que você sempre guarde o que foi bom da amizade!

Beijos.

Maria Fernanda Probst disse...

Tua dor tocou meu coração e choveu no meu céu também.
Força, pequena. Que o tempo se encarregue de cuidar das cicatrizes e a saudade não tarde a parar de doer.

No mais, silêncio.
Não há palavras para confortar essa dor.

Um beijo, um abraço e um ombro.

Jana disse...

Bê, achei teu blog lindo!
Voltarei mais vezes, certeza =*

Tatiane Trajano disse...

Sem nada a dizer, te deixo aqui o meu abraço.

Patrícia Harumi disse...

Eu nunca passei por isso Bê. Então nem sei 1/3 da dor que é.
E palavras confortam, mas não sei o que dizer, mas se pudesse (fisicamente) daria a tí uns dos meus melhores abraços.
Fica bem, e a a Leticia deve estar feliz por saber que tem pessoas como você escrevendo todo esse amor por ela.

disse...

Nunca te vi com tanta emoção, bê. Ficou realmente linda a sua despedida. E daqui eu sei, que nao disse, nem mostrou de longe tudo o que sentiu. E ainda sente.
Mas mostrou uma forma linda de sentir saudade, de receber as coisas ruins que acontecem fatalmente.
Essa moça que partiu por aí, foi levando pedacinhos de cada um dos que ficaram aqui. Pode ter certeza, que de onde ela está, te olha e sorri com aqueles grandes olhos azuis, e te manda um beijo também, e um abraço bem apertado. Tenho certeza que ela também sente sua falta. :)


O céu ganhou mais uma estrela, vamos celebrar! Quero mais tristeza por aqui, ouviu bem? :)

beijo ♥

disse...

''Quero mais tristeza por aqui NÃO*, ouviu bem?''

meu teclado, fail.

Luana Gabriela disse...

Bê, ainda há um consolador aqui na Terra..sabes de quem eu falo. Que ele esteja confortando o seu coração e de todos os que sofrem a perda.

Abç.

Maria disse...

Ela vai brilhar.

Um beijo

Lua disse...

Me emocionei Bê!
Meus pesamos e ela ira brilhar com certeza! E forças pra vc viu?!
Nao desapareça daqui.

beijao amada!

marinaCavalcante disse...

Eu posso dizer, infelizmente,
que sei o que você passou.

É realmente um sentir faltar
o chão. É querer tocar e não
mais poder... é querer sentir
e não saber onde encontrar.
É olhar pro céu e sentir lacrimejar
os olhos... já tão cansados e entristecidos.

Contudo, é como você ressaltou...
em meio a essa tempestade, o
sentimento de saber que lá encima
é só alegria... pela alma purificada, por mais
um anjo a colorir o céu pela
sua chegada.

Saudades, sim. Todos os dias.
Mas, olhe pro céu!!!
Sentirás muita paz!

Um grande abraço, "Bê"!

*Espero, em breve, sua visita.

Clube dos desgostos disse...

É tão triste esse sentimento...estou solidária contigo... já dizia alguém...,que partir é a curva da estrada...deixa uma enorme saudade mas onde quer que esteja, estará presente e ao nosso lado:) olha para uma estrela, para o mar, para a lua, para o céu...para o SOL...e sentirás a sua presença.

Beijinhoooo****
Onurb.

Luciana disse...

Nossa. Tomara que melhore logo e que só restem coisas boas disso tudo, apesar da falta.

Beijo, moça. E um abraço bem apertado.

Ps: te linkei lá na caixa xD

Atroar disse...

Lamento sua perda, mas infelizmente essas coisas acontecem

tudo de bom pra ti
beijo :*

Camila disse...

Me contaram como foi, sem eu nem precisar pedir. Foi cruel. Doeu, só de pensar.


tao triste;/
gosteeei

Luna Cortez disse...

meus sentimentos Bê.

eu chovi aqui por ela.
linda a sua homenagem, linda mesmo.