24 de novembro de 2009

Azul Celeste



Chegou assim, inesperadamente. Porque à primeira vista, nada se espera. E se espera tudo, ao mesmo tempo. Como um pedaço de nuvem, que tem desenhos engraçados. Daqueles que admiramos no céu ensolarado. E nunca cansamos. Fofos, como algodão-doce. Como um pedaço do céu azul. Bonito, aos olhos de todos. Vive chovendo, é fato. Fica nublado, declarando sua tristeza. É céu. É azul. Moça Azul. Maria, a moça da cor do céu.
Já diziam: "Ou ama, ou odeia." Com Maria, é diferente. São os dois. Amor e ódio. Você ama. Você odeia. Ama mais do que odeia. 
Maria é boba. Solta sorrisos enquanto anda. Rindo da vida. Rindo, pra não chorar. Sensível, essa moça azul. Chove à toa. Chuva fina. Passageira. É raio de sol. Alegra, o dia triste. Ilumina, ao seu redor. Esquenta, quando preciso. É frágil. Não teme. Te dá o coração numa caixinha, pra guardar com carinho. Uns e outros descuidam, e acabam perdendo o pobre coração da moça. É vento. Suave. É ventania. Forte. É extremo. Dos cabelos bonitos, às unhas psicodélicas. Por essas, você a ama.
Maria é irritante. Pessimista quando se trata de si mesma. Otimista quando o assunto são os outros. Faz graça, quando não deve. Confesso, que dessa parte eu gosto. Fala, fala e fala sem parar. Vive xingando. E parece gostar de contrariar, só por pirraça. Por essas, você odeia.
Ama-se muito. Pouco se odeia. É uma verdade tão simples. Nós e a amizade, o amor que une as nossas almas já pré-estabelecidas para serem irmãs, são assim: De cor azul. Azul celeste. CELESTIAL.

15 comentários:

Nathi disse...

Celestial, a ponto de ser transcendental.

belo!

Tays Esquivel disse...

Que texto mais lindo, Bê.
Me passa uma paz tão cor de azul.

Marcelo Mayer disse...

sinto que vc está mais contente do que imaginava. acertei? ou isto é uma fuga?

Bê Matos disse...

Sentiu certo, Marcelo.
Não que eu tenha esquecido tudo o que aconteceu, não consigo. Mas recebi notícias que me fizeram capotar de alegria.

Sou foragida, não sabia? :)

Babizinha disse...

A acompanho faz poucos dias e lendo teus escritos me delicio, sim, de lambuzar e tudo. rs Identifico-me com o que escreves. E com essa personagem 'Maria', ah, loucura, a começar pelo nome. (;

Sucesso.
Beijo
;*

disse...

''essa personagem 'Maria' ', sou eu Babizinha. Ok, eu fui poetizada, mas eu dei licença poética, ok. UHAUAHUAHAUHAUHA

Minha baby... eu te amo azul. MUITO AZUL! *-* ♥

e aqui tá lindo heim, quem te ajudou a decidir por esse temp? hehe

carla l. disse...

Tão bom quando o céu nos dá de presente alguém que parece um pedacinho dele, né?

Marcel PH disse...

Own, que bonita a declaração.

NS. disse...

adorei! :)

Mariana Andrade. disse...

acho tão lindo isso que tens com a má.. MÁ e celestial.. como pode, né? aheuhae


ficou lindo o textinho, bê(:

beeijo grande ;*

Tatiane Trajano disse...

Tá azul..tá feliz!
E isso é bom
^^

Beijão!

Hosana Lemos disse...

Maria é mulher, como a maioria...ama, odeia, vive!
Dessa Maria todo mundo tem um pouco
;)



^^

Mayana Carvalho disse...

liindo! sinto bem essa energia do azul celeste!

Lua disse...

Incrivel o texto!

beijos Bê.

Natália Corrêa disse...

cuide bem da sua moça-cor-de-céu, essas são raras. :D