27 de novembro de 2009

Coração batendo, de saudade.

- Quem apagou a luz aqui dentro?


Ficou escuro, de repente. Eu tenho medo de escuro, devo confessar logo. Fico vendo vultos, sombras inexistentes e ouvindo barulhos estranhos. E se eu estiver sozinha? É Pior. Então, porque me deixaram aqui? Onde estão os meus amigos? Eu sinto falta deles, agora. Sinto mais ainda dos antigos. Dos primeiros, que eu conquistei com tanta conversa. Foi preciso dias e dias de dedicação, para a amizade se estabelecer. Onde eles estão? Eu me sinto perdida. No escuro. E sozinha.
Senti vontade de amigos perto de mim. Daqueles. Senti vontade de externar isso. E portanto, não preciso de um texto grande, com palavras difíceis, que demonstrem sentimentos complexos. Afinal, nada tem de complexo a saudade. É urgência, e só. 
Meu Duxo está no topo da lista, porque a saudade é imensa. Quero de volta as nossas saídas, debaixo de chuva, sem direção. Quero as conversas intermináveis, de novo. Quero o seu cheiro de chocolate, as suas risadas, os seus abraços, os seus conselhos de irmão mais velho. Ainda somos irmãos, lembra? Eu sinto falta - e digo isso, com lágrimas nos olhos. 
E o Xéu, é o dono do abraço mais demorado do mundo. Das piadas mais ridículas, que me arrancam gargalhadas. O que sempre me cobrava presença, e a amizade verdadeira, lembra? E eu, que sempre dei pouca importância, agora sinto falta. Me dá um abraço daqueles, quando me encontrar? Sinto falta. 
Ah, Meu bem"Ainda bem que só existe uma de você, porque duas, não me caberia tanto amor." Faço das suas palavras, as minhas. Fico nostálgica quando lembro de nós duas. Éramos - e ainda somos, sem dúvida - amigas, no significado mais profundo que essa palavra posssa ter. E eu sinto falta, de você.  
A Bal, que tinha a melhor risada, da face dessa terra. Sem exageros, digo que nem a melhor das músicas dos Smiths poderia me fazer sentir melhor. Ela se foi, e só deixou saudades. 
E tem também a Minha Patatá, que não cansava de cantar "Se você quer sorrir, é com Patati" Lembra? É difícil sorrir, sem as suas cantorias. As risadas, pelo motivo mais bobo que fosse. As palavras somem, porque a saudade corrói tudo, aqui dentro. Sinto falta.


São por eles, que o meu coração bate de saudade.

20 comentários:

carla l. disse...

Conheço essa saudade amarga de amigos que, por mais próximos que pareçam estar, acabam se perdendo de nós e ficando longe por causa dessa nossa vida corrida de hoje.

Daniela Filipini disse...

Sei bem como é sentir essa saudade...

Natália Corrêa disse...

Eu sei como é achar que tá tudo escuro. Mas assim como a saudade apaga algumas luzes, as lembranças felizes acendem outras... :)

Tatiane Trajano disse...

Amigos, amigos... É bom reconhecê-los.

Marcel PH disse...

Tomara que eles leiam.

Luciana disse...

Droga, me fez chorar.
Tenho dessa saudade aqui também... às vezes fico pensando no pessoal do colégio e dá um aperto no coração. Saudade dói.


Beijo, Bê!

Mariana Andrade. disse...

tem uma música da ferndanda brun (sabes, né?) que diz: "onde estão os que andavam comigo quando tudo era bem melhor? onde estão os meus melhores amigos, que oravam por mim, choravam por mim? onde estão? à espera de um milagre eu ainda estou, insisto, disso eu não abro mão, eu não vou morrer aqui nessa solidão, amigos, Deus sabe aonde estão ♪"
lembrei dessa música, e de tantas outras coisas... saudade corrói, de fato.

beijãão, bê linda ;*

Lua disse...

É inevitável nao sentir falta dos amigos..

bom fim de semana, beijao!

Atroar disse...

Uns vêm outros se vão, como um ciclo vicioso que talvez nem tenha fim. Se descobrir como fazer com que eles não sumam apertando o nosso peito, me fale, pago o preço for pela informação.


beeijo :*

Ela disse...

Como sempre fui meio solitária, tive alguns problemas para fazer grandes amizades. Confesso que eu tenhos poucos amigos, mas ótimos. E às vezes evito de ficar pensando que daqui a dois períodos, quando finalmente a faculdade terminar, nem sei onde eles vão estar.

Diego Morais disse...

Amizade, saudade... puxa, gostei.
É sempre ter bons amigos ao seu lado.
:)

renata disse...

saudade sente quem se deixa cativar... no coração cabe tanto, né?

beijo!

Luh Andrade disse...

"Saudade, saudade, hoje eu posso dizer o que é dor de verdade..."

jah sinto saudade do meu tempo de colégio q ainda nem terminou, e dos amigos mais ainda.

ameii seu blog;]

Varda disse...

Saudade dói.

Mayana Carvalho disse...

saudade, tenho me abstinido dela...
beijos

Little dreamer disse...

Doeu aqui. Nao sei pq!
ARREPIANTE! :S

Ana disse...

Saudade é um dos temas sobre os quais eu vivo hesitando escrever.

Quando resolver falar sobre isso, provavelmente terei muito a dizer.

Bjs.

Gabe Candido disse...

Bah, eu não tenho medo do escuro, mas tb viajo assim, vejo vultos, ouço barulhos e tal :|
Sei como é isso, tb sinto falta de alguns amigos bem antigos às vezes =/
Bom restinho de fim de semana.
Beijos

Dandara disse...

queria saber quem foi a primeira pessoa que sentiu saudade nesse mundo.

Larissa disse...

Quanta saudade, amiga :/ Sei bem como é sentir isso.
Mas se sente tanta saudade, por que não corre atrás? Tente voltar o tempo que eram antes de ter acontecido o que quer que tenha sido :x
Não deixe as pessoas que tanto marcaram a sua vida irem embora, corra atrás delas pra que elas continuem marcando a sua vida *-*
É triste saber que a pessoas que mais amamos, se vão :~

Se cuida , tá?! *-*
Beeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeejos :*