26 de novembro de 2009

Desenhando estrelas

Basta um segundo de distração, um olhar em direção ao nada, ou uma música que traga recordação, que saio de órbita. Os pensamentos criam asas e saem por aí, flutuando pelo céu da vida, e de mãos dadas com a imaginação vão caçar estrelas. E não é preciso ir muito longe, para achá-las. Existe uma constelação inteirinha, desenhada à caneta azul no meu caderno.
São montes desses pequenos pontos de luz. Todos iguais, amontoados e bagunçados. Por perder a noção enquanto desenho, elas ficam assim. Saem descendo degrau por degrau, as linhas da folha, de forma desigual.
Ignorando a bagunça manifesta, toda a minha constelação particular aponta para uma mesma direção. Para o nada. Ou, para o meu coração, como insistem em chamar.

22 comentários:

Natália Corrêa disse...

Eu também tenho uma constelação no meu caderno. E estou sempre ligando os pontos das minhas estrelas, procurando meu cruzeiro do sul...

Marcelo Mayer disse...

ainda farão uma música com seu desenho e vão julgar por incentivar o uso de lisérgicos
rs
muito bom!

Mariana Andrade. disse...

tem estrelas no céu da nossa boca, bê. e elas ficarão lá até segunda ordem ;)

beeeijos ;*

Dandara disse...

Acho que eu amo mais corpos celestes do que corpos feitos de carne e osso.

Pâmela Marques disse...

Menina,

Eu tenho uma constelação dentro da cabeça, dos olhos, do coração. E consigo também, ver estrelas em tudo aquilo que amo. Estrelas amadas, estrelas de dor. Principalmente.

gabiz disse...

o mais bonito é que todo mundo tem uma constelação particular ;)


tá lindo aqui, amora;

gabiz disse...

o mais bonito é que todo mundo tem uma constelação particular ;)


tá lindo aqui, amora;

Luiz Guilherme disse...

seu desenho é lindo.lindo como as estrelas e o luar...

http://guilg7.blogspot.com/

vlw

Erica Vittorazzi disse...

BÊ, estrelas sempre serão estrelas. Sempre nos dará sonhos, mesmo as que estão desenhadas nos nossos cadernos.

Lindo post, me fez sonhar...

Tatá R. da S. disse...

Procure a constelação de sagitário! =B
Adorei.
=*

carla l. disse...

Enquanto no meu caderno foi desenhada uma constelação de corações coloridos, todos com um 'M' em um cantinho.

carla l. disse...

A propósito, o novo lay ficou lindíssimo!

Gabriela Castro disse...

Adoro estrelas! Tenho algumas na minha janela. Me espiam toda noite.
beijos

disse...

The Smiths! *-----*
HAHAHA adorei.

Você está cada vez mais apaixonante, menina. De onde estão surgindo todos esses sentimentos nas palavras? HUUM, aí tem.

Luna Cortez disse...

o layout tá perfeito Bê.
lindo lindo lindo.

repeti várias vezes aqui: eu quero!

=)

Mayla disse...

Amei o post.Sempre que leio algo assim,eu voo loonge.Vou imaginado cada pedacinho do texto.
bjos,
mah

Larissa disse...

Não chame o seu coração de 'nada' e não deixe que ninguém o chame assim.
E deixe as estrelas apontarem pra ele, quem sabe seja esse rumo que elas querem tomar agora!

Aqui tá lindo também *-*
Beijos, :*

Luciana disse...

Adoro estrelas. Tenho um punhado delas nos olhos, como me diz alguém, e tento desenhá-las de vez em quando. Às vezes jogo todas e fica até legal.


O lay tá lindo! *___*


Beijo, Bê!

Luana Gabriela disse...

Bê, mexeu comigo este texto. Lembrei de uma ocasião em que ele desenhava estrelas na agenda, eu inteceptei e desenhei a lua...lua, estrelas... meu Deus como me despertou algo bom este teu texto.

Lindo.

Meu beijo.

renata disse...

coração atrai dessas coisas, né?

beijocas.

Nara Sales disse...

As estrelas são tão mágicas e tão sorridentes!
As nossas estrela são mais ainda. Sei que tens estrelas no coração. Se perder com elas é a melhor coisa que acontece.
Beijos.

Ela disse...

No meu caderno não há nada. Desenho algum. Mas tenho uma porção de estrelas que brilham no escuro coladas no teto do quarto. :p