15 de dezembro de 2009

Aposentei

Amados, é com muita tristeza no coração, que declaro a aposentadoria do Sons de risos, sombras de amor. Na minha cruel realidade, me perdi de mim. Em alguma rua escura, da vida, a minha felicidade se perdeu de mim. Tínhamos acabado de brigar, infelizmente. Ela andava de um lado da rua, e eu do outro. Tentava me aproximar, mas as tentativas eram em vão.
Sem a felicidade, fiquei infeliz. Cabisbaixa, tristonha. E quando olhei para procurá-la, ela havia sumido. Não estava atrás dos postes, nem embaixo dos carros. Sumiu, assim, desse jeitinho misterioso. E de lá pra cá, o vazio tomou conta de mim. E até hoje, não consegui de volta a minha felicidade. Já espalhei cartazes na cidade inteira. Mas ninguém a viu, de fato. Vive se escondendo, posso imaginar.
Preciso encontrá-la, urgentemente. E tenho pra mim, que ela se escondeu noutra pessoa. Logo, preciso do som dos meu risos, que a felicidade tanto conhece. Se o ouvir, tenho certeza que virá correndo.
Não me esperem por aqui, queridos. A procura vai ser árdua, leva tempo. Não voltarei tão cedo. Provavelmente, voltarei, mas em um canto novo. Continuarei Reticenciando-me, aqui. E assim que voltar, vou procurar por vocês. Porque já são um pedaço da minha felicidade, que acabo de guardar, por um tempo.  
Amo vocês, lindos do meu coração.

39 comentários:

Marcel Hartmann disse...

Tu vai fazer falta por aqui, guria.

Um beijão e vê se tu encontra a tua felicidade. Tudo de bom.

Lo. disse...

Como diria Caio F. Abreu, o caminho é in, não off. :)

Mariana Andrade. disse...

pelo menos reticências ainda terás.
mas espero que voltes.
gosto de ouvir teus risos, e do modo como falas de amor.

Luna Cortez disse...

ooooooooown.

menina, não some não ô.
tá looouca!

beijo flor.

(:

Vital disse...

a tristeza é senhora(sem hora)
desde que o samba é samba é assim...
quem começou não
se livra fácil desse vício de escrever, de se dizer. boasorte.

Little dreamer disse...

SENTI TRISTEZA!

D i c a disse...

Odeio despedidas, odeio quando leio despedidas também aqui.

;*

Mariah disse...

pede uma caixa de "felicidade" novinha de amigo secreto...quem sabe você não é surpreendida!

Noh Gomes disse...

Respeito as idas, nossas idas são necessarias de tempos em tempos. Desejo de coração que vc encontre seus pedaços ai dentro de vc, é importante, muito importante se encontrar e ser feliz, estou me encontrando nas palavras.
É isso, volte quando estiver preparada e vou passar por aqui sempre viu, mesmo vc naõ estando.

Beijo e sorte...

Marcelo Mayer disse...

só desejo boa sorte

disse...

Eu sempre me senti abandonada pelas palavras, pela felicidade, pela inspiração.. e é quando me sinto assim, que eu escrevo. Aí, quando escrevo, sinto como se voltassem.
Não desista das palavras, Bê.
Reticencie um bocado, depois que venham as virgulas e um ponto, não final, mas de parágrafo ou que encerre apenas uma página ou capítulo da tua vida (da qual espero sempre fazer parte). Torço por ti. Rezo por ti.

E espero que volte, minha companheira. Pra sentir dor comigo, chorar comigo, rir comigo e escrever essas coisas tantas que me fazem voar.

Luciana disse...

Poxa!
Dá para compreender essa busca por coisas que teimam em fugir da gente. Já pensei fechar minha Caixa preta, mas desisti por que vi que seria mais uma parte de mim que perderia.

Pode ser só questão de tempo, Bê... Então, tira um tempo pra tu e não abandona tua casinha tão fofa.

Espero que tudo melhore logo e que reencontre essa felicidade fugidia.

Beijo!!!

Tays Esquivel disse...

Deu uma dorzinha agora.
Vai fazer falta ouvir os tão lindos risos por aqui.
Volte um dia, pra que eu possa sorrir junto com você.

Boa sorte, flor.

Vanessa disse...

Senti sim!
Vá, mas volte.
Vais fazer muita falta, de fato!

Boa sorte na tua procura.
Beijos

gabiz disse...

larguei o miss umbrella pra começar de novo no melissa s.

.
esperando a sua volta, moça.

Tatá R. da S. disse...

Também já pensei em parar o Palavras Internas, mas foi um pensamento breve, fruto de uma decepção, de um silêncio que tentou me emudecer. Mas não tive coragem. É um pedaço de mim e ai sim o silêncio teria prevalecido.
Isso pode ser passageiro. Apenas tire umas férias, mas volte.
E boa sorte.
=*

Maldito disse...

Jura? justo no dia que conheci o blog? Sou muito azarado mesmo!

Joyce Carolini. disse...

Que você encontre a tua felicidade.

Mas volta!

Beijos!



P.S.:Obrigada por teu comentário, também estou em busca de coisas importantes.

Larissa disse...

Seus textos farão muita falta, principalmente a sua presença no meu blog. Espero que você encontre tudo o que deseja, que seja MUITO feliz. E eu aguardo a sua espera, ansiosa pelas suas críticas.

Um beijo, minha querida.

Matheus Sobral. disse...

Eu chego e elas vão, sempre asim... ;)

Erica Vittorazzi disse...

Ah, não vai embora não. Não diz adeus. Ela volta, eu sei. Ela gosta de brincar de esconde-esconde, mas sempre volta!!!

Guilherme Hurts disse...

Pra mim a coisa mais triste do mundo é saber de alguém, mesmo desconhecido, que parou de escrever.

ticoético disse...

Poxa,logo quando eu chego e descubro mais essa pérola em matéria de blog? enfim,vô ler o q já foi e espero que,quando terminar,você esteja de volta,se não aqui,em outro blog,nem que seja pra falar da tristeza,vale à pena também,mas enfim,parabéns e boa sorte.
abraçO (:

Willian Lins disse...

Vê se não demora por lá, e se demorar mande ao menos um sinal de fumaça vez em quando.

um beijo, e sorte!

Lara disse...

Poxa... vai embora não.

paulo disse...

.... que a encontre e sempre possa voltar... se necessário!

^^

Erica Ferro disse...

Que a procura seja recompensada e voltes mais feliz do que nunca.

Beijo.

renata carneiro disse...

ô gente...

que delícia de reticências!


beijos!

Carlos Howes disse...

Às vezes os contratempos da vida nos levam a rumos não desejados. Mas não podemos desanimar de procurar algum caminho.

Que pena enorme que não vais ficar mais neste espaço. Beijo.

Felipe Lucena disse...

Senti. Fico triste. Muito...

Rafael disse...

Que triste. Buá. :P

Lua disse...

Bê volte logo viu?!
Feliz natal um um ano iluminado pra vc.

beijos!

primaverasdesetembro disse...

pode ir então.Te vejo em outra esquina.com certeza.

Flores

Thiago Augusto Corrêa disse...

Mas agora é um bom momento para pegar esse espaço vazio de tristeza e também fazer poesia.

Carolzinha ♥ disse...

aaaah, que pena.Eu acabei de conhecer o blog :(


anyway, felicidades :)



beeijos. ♥

Dil Santos disse...

Bêquerida, olha euaqui de novo, rs,.
Menina, fiquei triste em parte, mas feliz em saber que vc continua conosco. Sei como é isso, as vezes um mudança pode nos dar um novo fôlego.

Bjos querida
:)

Atroar disse...

triste noticia essa, não? apesar de não marcar meu ponto costumo me aventurar na surdina dentre teus textos. fará falta.


beijo,
e vê se não demora.

Maria Fernanda Probst disse...

Vou sentar e te esperar, ok?

Hannah disse...

Pena também... acabei de encontrar esse cantinho aqui. Beijo